sexta-feira, 14 de abril de 2017

Fluminense terá o segundo maior período sem partidas da temporada


Em apenas uma ocasião, entre as partidas contra Volta Redonda e Madureira, pela Taça Guanabara, ainda em meados de fevereiro, o técnico Abel Braga pôde dedicar uma semana inteira aos treinamentos. Dessa vez, serão seis dias até o jogo de volta diante do Goiás, pela Copa do Brasil. Além do torneio mata-mata e do Carioca, o Fluminense também tem no calendário a Sul-Americana e a Primeira Liga.

— Nosso interesse é em tudo, mas não temos quantidade no plantel para arriscar mais do que estamos arriscando — disse o treinador, ainda antes do jogo contra o Botafogo, no qual optou por colocar uma equipe reserva em campo (vale lembrar que de pouco valia o duelo, uma vez que as semifinais do campeonato já estavam definidas na ocasião).
Enquanto o elenco tem uma semana cheia só de treino, o meia Gustava Scarpa também está mais perto de voltar a trabalhar no campo. Lesionado no fim de fevereiro, justamente no jogo contra o Madureira pelo Campeonato Carioca, o jovem, porém, ainda não tem data para voltar a ter contato com a bola ou a treinar com o restante do grupo.

— Não sei (quando ele volta), mas está se recuperando bem. Vai melhorando dia a dia e vai entrar em um processo de uma mini pré-temporada. O jogador sem ritmo você não pode pôr desde o início — explicou Abel, continuando: — Ele é seco, magro, não tem problema com peso, então recupera a forma bem rápido.


Foto: Nelson Perez / Fluminense / Divulgação

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial