sábado, 24 de junho de 2017

Pedro Antonio detalha projeto do estádio

O silêncio deu lugar à confirmação. Falar tornou pública a espera de posicionamento por parte do presidente Pedro Abad. E há ainda a intenção de evitar a concorrência do Flamengo na ideia de o Fluminense construir um estádio no Parque Olímpico. Ao conversar com o GloboEsporte.com, Pedro Antonio Ribeiro da Silva, vice de projetos especiais do Tricolor, detalhou o projeto do sonho da casa própria. Ela ficaria na área mais nobre da Rio 2016, teria capacidade de até 22 mil pessoas e poderia ser erguida em um ano. Para sair do papel, porém, depende de entendimento interno, viabilidade financeira e apoio político. E caso não vire realidade? Laranjeiras, local que não recebe partida de futebol desde 2003, seria uma alternativa.


- O projeto só não foi para frente por conta da insegurança da atual administração em conduzir o assunto.

Pedro Antonio acredita na viabilidade do estádio. Tem a experiência de ter construído o CT, que o ex-presidente Peter Siemsen batizou com o seu nome. Acompanhou a construção do Parque Olímpico e foi voluntário no evento. Disse conhecer detalhes que ajudaram a criar o projeto, que começou a ser elaborado há três anos. Nele, o estádio ficaria atrás da Jeunesse Arena, chamada de Arena Olímpica do Rio nos Jogos. Em uma área de 24 mil metros quadrados.

A capacidade, a depender do posicionamento do estádio, variaria de 18 a 22 mil lugares. O custo não passaria dos R$ 100 milhões, afinal, diminuiria com o uso do material do Estádio Aquático - não da Arena do Futuro, que, pela ideia inicial da prefeitura, seria desmontada para a construção de quatro escolas. A ideia é erguer com ajuda de patrocinadores e ter um estádio para jogos com apelo de público menor e que impulsione o plano de sócios.

- O Fluminense ter um estádio não é um projeto do Pedro Antonio. É um projeto único da torcida tricolor. Tem de ter um estádio. Falei ao presidente Abad: essa oportunidade não pode passar em branco. Em 100 anos, não vai aparecer oportunidade igual. Ela não surgiu da noite para o dia. Surgiu de trabalho, de observação, de acompanhamento nos últimos anos. Nos últimos 12 meses, estou focado no assunto. Calado, sem falar para ninguém. Quem sabia era o ex-presidente Peter, ele tinha o projeto dele lá. O presidente Abad sabia e estava, inicialmente, no projeto do Peter e procurando outros terrenos. Nós, a torcida tricolor, queremos estádio. Teremos o estádio. O Fluminense não pode ser um clube sem telhado, sem casa. Acabou. A única pessoa a quem eu mostrei as imagens foi o Abel. Por isso, ele falou em uma entrevista recente. Ninguém mais do futebol viu, nem jogador e tampouco membros da comissão técnica. Abel, a gente vai ter estádio. Pode anotar. O projeto, reitero, é de todo o torcedor - explicou Pedro Antonio.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial