sábado, 30 de setembro de 2017

Maior artilheiro do Flu, Waldo luta contra o Alzheimer e não lembra que foi jogador

Créditos: Globoesporte.com

O maior artilheiro da História do Fluminense Football Club, Waldo Machado da Silva, sofre com perda de memória. Ele vive em uma clínica de Valência sob cuidados de médicos e enfermeiros. Foram 319 gols marcados em 403 jogos disputados - o segundo da lista é Orlando Pingo de Ouro, com 184 gols, e Fred vem em terceiro, com 172.
Depois do Fluminense, Waldo se tornou ídolo do Valencia, onde jogou de 1961 a 1969, e teve ainda uma passagem pelo Hércules-ESP, entre 1969 e 1971.  

Waldo está com 83 anos, a doença está em estágio avançado, o que apagou toda a sua memória. Ele não lembra, por exemplo, que foi jogador de futebol, e muito menos faz ideia de que é o maior artilheiro da história do Fluminense. O Globoesporte.com foi atrás de notícias, e infelizmente se deparou com a realidade do atual ídolo Tricolor.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial