sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Scarpa procura novos ares e Cruzeiro pode ser destino


Principal destaque do Fluminense, desde a temporada 2015, o meia Gustavo Scarpa pode estar mudando de ares na próxima temporada. O Jornal Lance apurou que pessoas ligadas ao Cruzeiro, com aval da diretoria, já entraram em contato com os representantes do meia do Fluminense, que quer deixar as Laranjeiras no próximo ano.

Um dos motivos para a possível transferência é a insatisfação do jogador com episódios recentes, entre eles as vaias da torcida no jogo contra o Bahia, no último domingo. Na ocasião, o camisa 10 marcou o gol de empate tricolor e não comemorou como forma de protesto.  Na saída do campo, ele reclamou das vaias dos tricolores e disse 'que isso não ajudará em nada" para tirar o Fluminense da atual situação. O clube carioca está próximo da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro e foi eliminado pelo maior rival Flamengo, da Copa Sul-Americana. na última quarta-feira.

Além disso, Scarpa e seus representantes enxergam uma transferência para o Cruzeiro com muito bons olhos. Dentro do clube, comenta-se que a relação do jogador com o Tricolor começa a ficar desgastada e ele é considerado um dos principais nomes para encher os deficitários cofres do clube. Recentemente, clubes da Alemanha e o Galatasaray, da Turquia, já tinha sondado a situação do camisa 10, mas uma lesão no início da temporada interrompeu as tratativas. Mesmo sabendo do talento de Gustavo Scarpa, a diretoria do Fluminense não descarta qualquer negociação.

Oficialmente, o Tricolor garante que não recebeu qualquer contato do Cruzeiro e nem de outra equipe, neste momento, e que só irá tratar de qualquer assunto referente a negociações ao término da temporada. No Cruzeiro, Scarpa teve o nome aprovado por Mano Menezes, que renovou seu vínculo como a Raposa e já começa a debater o planejamento para 2018, onde terá a disputa da Copa Libertadores.

Gustavo Scarpa renovou o vínculo com o Fluminense até 2020 e sua multa rescisória gira em torno de 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 57 milhões). Nos corredores das Laranjeiras, comenta-se que o Tricolor não conversa por valores muito abaixo da multa. No Cruzeiro, cogita-se envolver atletas no negócio e uma compensação financeira.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial