quinta-feira, 22 de março de 2018

TST nega recurso de Scarpa, e meia continua vinculado ao Fluminense


O meia Gustavo Scarpa teve outra derrota na Justiça nesta quinta-feira, após o Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília, negar o recurso apresentado pela defesa do jogador. A decisão mantém o atleta vinculado ao Fluminense e impede a sua utilização pelo Palmeiras, equipe que o contratou em janeiro.

O caso está na 70ª Vara do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ) e tem audiência marcada para 14 de abril. Na última quinta-feira, o TRT-RJ derrubou em julgamento a liminar que autorizou Scarpa a deixar o Fluminense. Nesta quinta, porém o ministro do TST, Lelio Corrêa, não aceitou a argumentação dos advogados do jogador, que pedia a anulação do julgamento.

Scarpa acionou a Justiça contra o Fluminense para cobrar mais de R$ 9 milhões entre pendências como salários, férias e parcelas não recolhidas do FGTS. O departamento jurídico do Palmeiras acompanha o caso à distância e garante estar respaldado com documentos. No momento, apenas os advogados do jogador cuidam do assunto.


0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial