Ao menos três clubes brasileiros fizeram consulta sobre a situação do meia-atacante Lucas Moura, 24, no Paris Saint-Germain. Ouviram o mesmo: o jogador não pretende deixar a França, se sair será, prioritariamente, a outro clube europeu e que o próprio PSG só toparia liberá-lo recebendo boa compensação financeira




No Rio, Flamengo e Fluminense monitoram a situação de Lucas, e o São Paulo, clube que revelou o jogador, também observa a situação do brasileiro, que nos últimos jogos tem sido menos aproveitado pelo PSG

Fonte: Uol